Elogio ao Rio de Janeiro

O Rio é uma das coisas mais especiais que eu já vi na vida. Eu amei a tal da cidade maravilhosa antes mesmo de conhecê-la, descobri isso quando li “Rio em Flor de Janeiro”. Claro que Drummond conseguiu fazer eu me apaixonar. A delicadeza desse poema e toda a ilustração criada ao lê-lo é algo fascinante. Enquanto eu lia, eu via, ouvia, sentia. É o Rio da forma mais romântica e piegas que existe.

É certo que o poema de Drummond não traga a dor da morte e do caos da Flor de Janeiro. Eu passo o dia recebendo notificações sobre tiroteios pelo o estado do Rio. Vejo as notícias e fico preocupada, revoltada e desesperançosa. É muito sangue, é muita dor. Eu acho que nunca vou desistir.

No entanto, o especial do Rio está na vida. Está na vida do ambulante do trem, na vida da festa de aniversário que acontece no trem lotado (todo mundo participa, conhecendo ou não). O especial do Rio está no carioca mal-humorado que consegue ser engraçado mesmo assim. O especial está na conversa que primeiro você pensa que é briga e depois observa que é só uma conversa empolgada mesmo.

A beleza do Rio… Não preciso nem falar.

Eu passo o dia lendo e escrevendo notícias que não são boas. Notícias que falam sobre a morte e crueldade de um sistema bruto e assassino. Isso porque eu amo gente e amo gente viva e vivendo bem. E por isso escrevo hoje um elogio ao Rio e a sua personalidade maravilhosa.

Vira e mexe eu preciso ir embora do Rio, mas confesso que eu não pretendo nunca ir e nunca mais voltar.

Eu ainda não compreendo a sua geografia de maneira consistente, Rio, mas te amo inteiro. Eu sei que você não é flor por todo lado, embora quem se apaixone por você sinta essa graciosidade mais latente, e eu sigo te amando, noticiando e querendo fazer resistir.

Te agradeço pelo mar, pela luz, pela Portela e por Madureira.

As flores do Rio existem e elogios às vezes caem bem.

https://sempreviva.wordpress.com/2016/03/02/rio-em-flor-de-janeiro-carlos-drummond-de-andrade/

despretensiosamente escrevendo e lendo sobre tudo que me interessa e geralmente qualquer coisa me interessa, principalmente tudo. adyelbeatriz.contently.com

despretensiosamente escrevendo e lendo sobre tudo que me interessa e geralmente qualquer coisa me interessa, principalmente tudo. adyelbeatriz.contently.com